O ministro da Economia, Paulo Guedes, destacou, nesta quinta-feira (1º), a importância da reforma tributária para o Brasil.

Guedes disse que, caso o governo consiga derrubar “dois, três ou quatro lobbies” de grandes empresas com altas isenções, e aprovar a taxação de dividendos, será possível reduzir a tributação em até 10 pontos percentuais para todas as outras empresas do país:

“Vamos reduzir o Imposto de Renda das empresas. Nosso compromisso é claro.”

Guedes afirmou:

“Apenas 20 mil pessoas receberam R$ 280 bilhões em isenções. É simplesmente inaceitável em uma economia desigual. Depois, não pode reclamar da distribuição de renda.”

Guedes lembrou que há 25 anos, as empresas estão sendo altamente tributadas, e acrescentou:

“Nós estamos convencidos de que estamos no caminho certo. Os empresários são o motor do crescimento. É lá [na empresa] que ocorre o milagre da produtividade, com mais salário e mais emprego”.